Melhores Encordoamentos para Baixo

Os melhores encordoamentos para baixo podem ser bastante variados, e as suas características influenciam muito nos resultados na hora de tocar o instrumento musical.

A vantagem de se ter muitos produtos, é a possibilidade de escolher um que se ajuste bem às suas necessidades.

Por outro lado, as especificações podem deixar o comprador um pouco perdido e sem saber em qual produto apostar em cada situação.

Quem não entende muito desse tipo de produto tende a fazer a compra considerando apenas o preço.

Mas essa não é a questão mais relevante. Sendo assim, para aprender a escolher da maneira certa, continue lendo este texto.

Aqui você vai conhecer as principais especificações dos produtos e vai descobrir quais são os melhores encordoamentos para baixo que existem atualmente.

Melhores Encordoamentos para Baixo de 2024

Elixir Leve (.045-.100) Revestimento Nanoweb, Escala LongaElixir Strings .045-.100 Nanofweb Escala LongaMelhor Encordoamento para BaixoProduto Indisponível
Rotosound RS66LD (45-105)Rotosound RS66LD 45-105Encordoamento para Baixo Preferida por Grandes BaixistasR$ 182,70 na Amazon
La Bella Cordas para Baixo Elétrico (760FHB2)La Bella 760FHB2Encordoamento para Baixo de QualidadeR$ 658,66 na Amazon
D'Addario XT XTB45100D'Addario XT XTB45100Encordoamento para Baixo com Reconhecimento InternacionalR$ 360,45 na Amazon
DR Strings HI-DEF NEON (NMCB-45)DR Strings HI-DEF NEON NMCB-45Melhor Encordoamento para Baixo Custo BenefícioR$ 256,30 na Amazon
Ernie Ball Enc. 050-135 5 Power Slinky Niquel P02821Ernie Ball Power Slinky ENC. 050-135 P02821Encordoamento para Baixo com Alto Desempenho e Preço acessívelR$ 302,81 na Amazon
Dunlop — DBN45105Dunlop DBN45105Encordoamento para Baixo Bom e BaratoR$ 262,27 na Amazon

Para o que servem os encordoamentos para baixo?

Assim como acontece nos demais instrumentos de corda, o encordoamento é responsável pela emissão do som.

Conforme se altera a casa que é apertada na escala do instrumento musical, se modifica também a vibração da corda, provocando assim uma vibração determinada.

Conforme a corda vibra em frequências diferentes, se obtém também sons distintos. É assim que aparecem as notas musicais.

Quando o instrumento está ligado a um equipamento de amplificação, a vibração altera o campo magnético criado pelos ímãs dos captadores, gerando então uma corrente elétrica.

Nos contrabaixos elétricos, o número de corda pode variar entre 4 e 6. Além disso, os materiais e o calibre delas também mudam dependendo do modelo.

Sendo assim, por mais que essa pareça ser uma questão simples, é preciso ter cuidado e atenção na hora de escolher um entre os melhores encordoamentos para baixo.

Melhores Encordoamentos para Baixo

Como escolher o melhor encordoamento para baixo

Muita gente pensa que os encordoamentos para baixo são todos iguais, mas isso não é verdade. Há variações, então é preciso analisá-las com cuidado para fazer a melhor escolha.

Sendo assim, veja a seguir quais são os principais aspectos que você precisa observar antes de fazer a compra, principalmente se você ainda está aprendendo a como tocar baixo.

Material

Isso mesmo, se você pensava que as cordas eram todas fabricadas com o mesmo material, saiba que existem alguns tipos diferentes.

Os encordoamentos fabricados em material Stainless Steel (aço inoxidável) são aqueles que possuem revestimento de aço inoxidável.

Com isso, o timbre fica limpo e brilhante, proporcionando assim um bom volume. Além disso, ele é resistente e ainda resiste bem à oxidação.

Já as cordas descritas como Nickel Plated Steel (aço niquelado) contam com o interior de aço e um revestimento externo de níquel.

Nesse caso, o volume é muito bom e há um ótimo equilíbrio entre as frequências. Nesse caso, tanto o conforto ao toque dos dedos quanto a resistência ao contato com a umidade são intermediários.

Entre os encordoamentos de baixo, esse é o mais comumente encontrado no mercado nos dias atuais.

Por fim, existem os encordoamentos do tipo Pure Nickel (níquel puro), ou seja, que possuem tanto a parte mais interna quanto o revestimento exterior fabricados com o mesmo material.

Com essa característica, as cordas adquirem um volume de saída bem menor, além de terem um timbre mais macio, sem que o brilho se acentue demais. Sendo assim, esse é um encordoamento de características mais clássicas e suaves.

Os encordoamentos para baixo mais modernos podem ser fabricados a partir de outros tipos de materiais.

Isso visa adicionar mais clareza e volume, mas esses outros tipos são menos comuns, e ainda não se tornaram populares entre os baixistas.

Encordoamento enrolado

Os encordoamentos para baixo possuem também tipos diferentes de enrolamentos, sendo o Roundwound o mais popular.

Esse tipo tem o revestimento enrolado, o que proporciona um toque mais áspero, que promove um maior atrito com os dedos. O timbre dessas cordas é bem versátil.

Por outro lado, existem as cordas que possuem revestimento do tipo Flatwound, que são as lisas.

Isso diminui o atrito delas com as mãos do músico e ainda entrega um timbre bem mais suave e redondo.

Esse tipo de corda é o mais adequado para baixo fretless, ou seja, aqueles modelos que não possuem trastes.

Os encordoamentos do tipo Half Round são semi-lisos, reunindo assim características intermediárias aos dois tipos citados anteriormente.

Com isso, ele proporciona um timbre mais quente e, ao mesmo tempo, um toque suave.

Calibre dos encordoamentos para baixo

Os encordoamentos para baixo podem apresentar calibres diferentes, ou seja, as cordas podem ter diâmetros distintos.

Geralmente você vai encontrar essa especificação em polegadas, sendo essa uma das mais relevantes para as cordas de baixos.

O calibre influencia diretamente tanto no timbre quanto no conforto na hora de obter sons com o instrumento musical.

O calibre é dado pela espessura da primeira corda, sendo que os mais comuns para o baixo são: .035, .040, .045 e .050.

Tenha em mente que quanto maior for esse número, maior é o calibre da corda. Isso aumenta a tensão dela e exige um maior esforço por parte do músico na hora de tocar.

Em relação ao som, os encordoamentos mais grossos proporcionam uma sonoridade mais encorpada e pesada, enquanto que os menores são mais macios e brilhantes.

Ao adquirir um baixo, provavelmente você vai se deparar com um encordoamento .045. Esse é o mais usado pelas fábricas por ser mais equilibrado e bastante confortável.

Tenha em mente que para alterar o padrão das cordas, você vai precisar também fazer a regulagem adequada da tensão delas.

Comprimento das cordas

Antes de escolher um dos melhores encordoamentos para baixo, você deve observar a medida das cordas.

É muito importante saber se o instrumento musical tem escala longa ou curta, sendo que o primeiro é bem mais comum em relação ao segundo.

Para os baixos que requerem cordas “Long Scale”, a tensão é bem maior e as frequências médias e agudas são enfatizadas.

Para os modelos de instrumentos musicais que possuem o braço menor, as cordas “Short Scale” são as mais adequadas.

Nesse caso, a tensão é bem menor e os graves ficam bem mais evidenciados e preservados.

Quando substituir o encordoamento do baixo?

Uma das perguntas mais frequentes entre os músicos é em relação a qual é o momento mais adequado para se substituir o encordoamento do baixo.

Mas é claro que isso vai depender de uma série de fatores, entre eles a qualidade da corda e o nível de atividade do músico.

Dependendo de uma série de questões, na média os encordoamentos para baixo possuem uma durabilidade média de 3 a 12 meses.

O mais importante é que você fique de olho nas características da corda e perceba quando ela começar a se desgastar.

Você vai perceber que a ferrugem e oxidação vão começar a surgir na corda. Além disso, a sonoridade já não será mais a mesma.

Nesse caso, há uma tendência de se perder a qualidade do som, de modo que as cordas começam a perder o brilho sonoro.

Quais são os Melhores Encordoamentos para Baixo?

Muitas vezes as características dos encordoamentos para baixo são menosprezadas, mas isso não deveria ser assim.

O tipo de corda e suas principais especificações influenciam muito na eficiência, durabilidade e na sonoridade em geral.

Além disso, para se ter um bom desempenho, é preciso escolher um dos melhores encordoamentos para baixo de 2024.

Se você está em dúvidas, veja a seguir quais são eles.

1. Elixir Strings .045-.100 Nanofweb Escala Longa

Melhor Encordoamento para Baixo

Elixir Cordas de aço inoxidável com 4 cordas para baixo com revestimento nanofweb, escala longa, leve (.045-.100)

  • 4 Cordas: 45, 65, 80, 100
  • Tipo de material da corda: aço inoxidável
  • Calibre do fio: leve
  • Revestimento ultrafino NanoWEB
  • Escala longa, medidor de luz

Se você está em busca dos melhores encordoamentos para baixo, é bem provável que este atenda às suas necessidades.

Afinal de contas, este é um produto excelente, que reúne qualidade e ótimo desempenho sonoro.

A construção em aço inox niquelado faz com que estas cordas resistam muito bem às demandas do dia a dia, sendo inclusive resistentes à oxidação.

Inclusive as lacunas do enovelamento que costumam escurecer ficam protegidas, de modo que este seja um produto bem mais resistente ao desgaste e oxidação.

A sonoridade também não deixa nada a desejar, pois que estas cordas possuem características que resultam em graves profundos e um tom brilhante.

Simultaneamente, o revestimento destas cordas é do tipo ultrafino, permitindo assim que você tenha uma sensação muito mais agradável nos dedos enquanto toca.

2. Rotosound RS66LD 45-105

Encordoamento para Baixo Preferida por Grandes Baixistas

Rotosound Conjunto de 4 cordas para baixo elétrico RS66LD (45-105)

  • 4 Cordas: 45, 65, 80, 105
  • Tipo de material da corda: aço inoxidável
  • Calibre do fio: médio
  • Tonalidade: brilhante
  • Escala longa: 32 polegadas – 34 polegadas

A Rotosound é uma das melhores linhas de encordoamentos para baixo, muito utilizada por músicos profissionais.

Desde a década de 1950, a marca inglesa fabrica encordoamentos. Nesse tempo, a marca evoluiu muito e conseguiu entregar produtos cada vez melhores.

Não é à toa que muitos artistas utilizam essas cordas nos seus shows e em estúdio. E este é um dos principais encordoamentos do mundo do rock.

3. La Bella 760FHB2

Encordoamento para Baixo de Qualidade

La Bella Corda de baixo 760FHB2 "Beatle" de aço inoxidável plana enrolada para baixo

  • 4 Cordas: 39, 56, 77, 96
  • Calibre do fio: médio
  • Tipo de material da corda: aço inoxidável Flat Wound Deep
  • Revestimento: tecnologia MAP (embalagem de atmosfera modificada)

Este é um dos melhores encordoamentos para baixo elétrico, visto que proporciona uma ótima sonoridade e, ao mesmo tempo, tem altíssima qualidade e resistência.

As cordas são fabricadas manualmente em aço inox e se adaptam perfeitamente aos três tipos de pontes produzidas pela Hofner.

Para a fabricação, é utilizada a tecnologia MAP (embalagem de atmosfera modificada), que contribui para evitar o surgimento de manchas, deixando as cordas novas por mais tempo.

4. D’Addario XT XTB45100

Encordoamento para Baixo com Reconhecimento Internacional

Encordoamento Para Baixo 4 Cordas Escala Longa .045-.100 Revestida Banhada A Niquel D'Addario XT XTB45100

  • 4 Cordas: 45, 65, 80, 100
  • Material: núcleo de aço de alto carbono
  • Revestimento ultrafino banhada a Níquel
  • Escala longa
  • Embalagem interna reutilizável com fechamento hermético

O D’Addario XT para baixo é um dos melhores encordoamentos para baixo porque possui um núcleo de aço de alto carbono com um revestimento ultrafino.

Isso prolonga em muito a vida útil das cordas, uma vez que elas se tornam mais resistentes ao atrito e à umidade.

A estabilidade de afinação e o desempenho geral também são muito melhores nestas cordas. E o timbre natural é altamente preservado, como se esta fosse uma corda sem revestimento.

Até mesmo a embalagem foi pensada para a praticidade, já que ela pode ser fechada novamente para que você guarde as cordas que ainda não usou.

Com tecnologia inibidora de corrosão volátil (VCI), este encordoamento fica protegido da corrosão, inclusive pelo suor durante o uso.

5. DR Strings HI-DEF NEON NMCB-45

Melhor Encordoamento para Baixo Custo-Benefício

DR Strings Cordas para Baixo HI-DEF NEON (NMCB-45)

  • 4 Cordas coloridas luminescentes: 45, 65, 85, 105
  • Tipo de material da corda: níquel
  • Calibre do fio: médio
  • Material: núcleo redondo e um envoltório de aço niquelado banhado a prata
  • Revestimento: K3 colorido neon

Para quem gosta de produtos diferenciados, este é um dos melhores encordoamentos para baixo.

Isso porque elas possuem revestimento em neon e se apresentam em uma boa variedade de cores incríveis.

Sendo assim, este é um ótimo produto para quem deseja melhorar a sua presença de palco. E o efeito fica ainda mais incrível sob luz negra.

O fio de núcleo redondo possui um ótimo revestimento de aço niquelado banhado a prata. Isso sem falar no revestimento K3 colorido do tipo Neon.

O resultado deste produto é uma durabilidade bem mais elevada, além da projeção e a menor quantidade de sobretons indesejados. Isso sem falar na clareza e articulação melhoradas.

6. Ernie Ball Power Slinky ENC. 050-135 P02821

Encordoamento para Baixo com Alto Desempenho e Preço acessível

Encordoamento 050-135 Ernie Ball P02821, para Baixo 5 Cordas Power Slinky Níquel

  • 5 Cordas: 50, 70, 85, 105, 135
  • Revestimento de aço niquelado
  • Material: arame hexagonal de aço estanhado
  • Extremidades de latão

As cordas para baixo Ernie Ball Power Slinky 5 String estão entre os melhores encordoamentos para baixo porque são fabricadas com matérias-primas de alto nível.

Com design enrolado, este encordoamento é bem balanceado e entrega um som brilhante. Não é à toa que este é um dos modelos favoritos de diferentes artistas do mundo da música.

O revestimento em aço niquelado contribui para uma maior durabilidade do material, inclusive em relação ao suor dos dedos.

7. Dunlop DBN45105

Encordoamento para Baixo Bom e Barato

Encordoamento .045 Média Níquel para Baixo 4 Cordas - DBN45105

  • 4 Cordas: 45, 65, 85, 105
  • Tensão média
  • Escala longa
  • Material: níquel

Você não precisa gastar muito para colocar um dos melhores encordoamentos para baixo no seu instrumento musical.

Mesmo com um valor mais baixo em relação a grande parte dos produtos do mercado, estas cordas Dunlop são versáteis, duráveis e muito consistentes.

Fabricado em níquel, este encordoamento é bem balanceado e possui uma baixa tensão, ótima tocabilidade, e entrega timbres quentes e harmônicos ricos.

A seleção minuciosa dos materiais é fundamental para a fabricação de cordas de tensão baixa e que possuem uma excelente durabilidade.

Conclusão

Os encordoamentos para baixo são itens essenciais para a sonoridade do instrumento musical. Escolher a corda certa para o seu instrumento musical é fundamental.

Antes de fazer a compra, defina muito bem as características que você procura nesse tipo de produto.

Lembre-se de observar todas as características citadas neste texto para escolher um dos melhores encordoamentos para baixo do ano.

Dica: Agora que você já conhece os melhores encordoamentos para baixo, confira a nossa seleção com os Melhores Baixos Elétricos.

Deixe um comentário