Melhores Pandeiros

Os melhores pandeiros são instrumentos musicais muito amados pelos brasileiros, pois ele marca alguns dos ritmos muito queridos no país.

Samba e pagode pedem pelo som do pandeiro, mas vários outros ritmos incluem o som do pandeiro também.

Mas se você adora música e está pensando em adquirir um pandeiro, precisa ter em mente que existem modelos para quem está começando a aprender e, para quem já é profissional.

Existem detalhes que fazem muita diferença. Sendo assim, você precisa saber avaliar os principais detalhes nesses produtos.

Então, continue lendo esse texto para saber mais sobre o tema e conhecer os melhores pandeiros do ano para comprar.

Melhores Pandeiros de 2024

Remo-TA-5210-70Remo TA-5210-70Melhor Pandeiro com Qualidade Premium40% OFFR$ 229,21 na Amazon
Pandeiro Contemporânea light 82LTPandeiro Contemporânea light 82LTPandeiro Leve para SambaR$ 189,00 na Amazon
Pandeiro 11" Contemporânea Light 85LTPandeiro 11" Contemporânea Light 85LTUm dos Pandeiros Favoritos de Músicos FamososProduto Indisponível
Pandeiro Contemporânea 10" Linha Black Carlos CaféPandeiro Contemporânea 10" Linha Black Carlos CaféPandeiro Pequeno e Leve, Mas de Som ForteR$ 846,95 na Amazon
Remo-TA-4108-48Remo TA-4108-48Melhor Pandeiro Custo BenefícioR$ 190,33 na Amazon
Pandeiro de madeira Standard 8″ Torelli TP 356Pandeiro de madeira Standard 8″ Torelli TP 356Pandeiro Básico e CompactoR$ 210,11 na Amazon
Pandeiro Timbra 11" 8198Pandeiro Timbra 11" 8198Pandeiro com Excelente Acabamento e SonoridadeProduto Indisponível
Pandeiro Injetado 10" TP 300 TorelliPandeiro Injetado 10" TP 300 TorelliPandeiro Bom e Barato13% OFFR$ 119,90 na Amazon

O que são os pandeiros e como eles contribuem com a música?

Pandeiros são instrumentos que servem para qualquer hora e qualquer ocasião. Seja em um grupo de pagode entre amigos ou em uma formação profissional, o instrumento deve estar presente.

São muitos os ritmos marcados pelo som desse instrumento. Mas afinal, o que são os pandeiros?

Pandeiro é o nome de um dos instrumentos de percussão mais conhecidos. Basicamente, ele tem um aro de madeira coberto por pele, que pode ser sintética ou animal.

Para prender a parte superior, o instrumento conta com platinelas, que são círculos de metal que fixam o instrumento.

O pandeiro é um instrumento circular, que tem som muito característico. Praticamente todo mundo consegue reconhecer o seu com característico.

E ele se faz essencial em diversos ritmos, como o samba, por exemplo. Mas nas mãos de um bom músico, o instrumento se insere bem em qualquer música.

Sendo assim, isso define uma das principais características aqui: a versatilidade.

Onde é possível usar o pandeiro?

Samba e pagode são os estilos que pedem o som do pandeiro, mas ele cai bem em variados estilos, incluindo choro, funk, coco, baião, maracatu e muito mais.

Além disso, há várias maneiras diferentes de se tocar um pandeiro. E cabe ao músico definir como adequar o ritmo da melhor forma à música que está tocando.

Mas na maioria das vezes, uma das mãos prende o instrumento, enquanto que a outra bate com o pulso, dedos ou com a própria palma para formar o ritmo desejado.

A forma de bater com a mão sobre o instrumento muda o tipo de som emitido. Mas de maneira geral, ele deve ser seco, floreado, curto ou longo, dependendo da música.

Ademais, com a movimentação do pandeiro, as soalhas também se movem. Isso compõe o som típico que você deve conhecer.

Então, se você quiser, pode usar o instrumento de percussão apenas movimentando-o, produzindo assim o som das soalhas.

Essas são a composição e as maneiras básicas de usar um pandeiro, mas os produtos variam bastante entre si.

Sendo assim, você precisa adquirir o produto mais adequado de acordo com as suas necessidades pessoais.

E um ponto fundamental é adquirir um item que tenha pele, platinelas e soalhas de excelente qualidade.

As origens do instrumento

Primeiramente, os pandeiros não são instrumentos modernos. Eles já existem há milênios. Nem se sabe ao certo há quanto tempo, mas no neolítico já existiam registros deles.

A popularidade sempre foi bem grande, sobretudo no continente africano, mas também no asiático e europeu.

De acordo com estudiosos sobre a cultura e desenvolvimento humano, os árabes foram os responsáveis pela ida do instrumento para a península ibérica.

Inclusive, é possível ter contato com um dos principais registros do instrumento no conto Mil e Uma Noites.

Em vários pontos da obra odaliscas aparecem tocando o instrumento em questão.

Como você viu, os pandeiros chegaram até a Península Ibérica pelas mãos dos árabes. Então, os portugueses trouxeram o instrumento para território brasileiro.

Conforme o tempo foi passando, o pandeiro ganhou cada vez mais popularidade por estar presente no samba e em exibições de capoeira.

O som típico dos pandeiros se deve à vibração da membrana presente no seu corpo. Então, ele é da família dos membranofones que inclui outros elementos como bongô, tamborim cuíca, surdo, bumbo, atabaque, caixa e tantã.

Fatores para comparar os diferentes produtos

Os pandeiros são instrumentos incríveis, que se adaptam a vários ritmos e estilos musicais. Mas existem vários modelos, sendo que cada um se adapta a melhor a cada música.

Além disso, em alguns casos deve-se considerar o gosto do próprio músico, para que os produtos de adaptem às necessidades e estilo dele.

Sendo assim, veja na sequencia quais são os principais fatores de comparação para você escolher o mais adequado entre os melhores pandeiros do mercado.

Material da pele

Quando se fala nos melhores pandeiros do mercado, deve-se avaliar principalmente o material da pele.

Na maioria dos produtos, ela é feita de pele animal ou de um material sintético, como o nylon, por exemplo.

É preciso ter bastante cuidado na hora de escolher porque os materiais são bem diferentes e proporcionam sons distintos. Veja as análises a seguir:

Pandeiros com pele de nylon: mais volume e sons mais agudos

A pele sintética é uma alternativa ao uso de couro animal. Então, essa pode ser uma escolha pessoal, baseada em crenças e em evitar o uso de produtos de origem animal.

Entretanto, a escolha também pode levar em consideração as características do som que o instrumento emite.

Nesse caso, saiba que a pele sintética emite um som mais agudo em relação ao modelo de couro. Em contrapartida o volume nesse caso é maior.

Por isso, os pandeiros de pele sintética são os favoritos de quem toca sem o auxilio de um microfone.

Além disso, são boas opções para quem toca samba e pagode. E de quebra, ainda são mais resistentes a alterações de temperatura.

Por fim, considere a possibilidade de ter peles com grafismos e texturas diversas.

Pandeiros com pele de couro para quem prefere som mais grave

A principal diferença dos pandeiros de pele de couro para os de pele sintética, é o tipo de som. Isso porque nos de couro, o som é mais grave.

Por isso, são opções bem legais para quem toca chorinho ou Partido Alto. Ademais, ao tocar um instrumento desse tipo, você sente a reverberação, que proporciona som agradável.

Nesse caso também é possível encontrar texturas diversas. Mas as variações são bem menores do que nos instrumentos com pele sintética.

Tamanho

De maneira geral, os pandeiros possuem tamanhos variados, sendo a maioria entre 8 e 14 polegadas.

Como você pode imaginar, quanto maior, mais pesado é o instrumento. Assim, os maiores necessitam de mais habilidade por parte do músico para o manuseio correto.

Além de necessitarem de mais firmeza das mãos, os modelos maiores possuem som mais encorpado.

Mas se você estiver começando e tiver dúvidas sobre qual comprar, os especialistas recomendam modelos de 12 polegadas para os iniciantes.

Platinelas

Platinelas, ou soalhas, são itens que ajudam a melhorar o som dos pandeiros. Sendo assim, quanto maior for o número, melhor e mais intenso é o som emitido.

Os principais modelos são os que possuem platinelas duplas ou triplas. Mas há também aqueles que têm até cinco.

Além do número, observe também o material do qual elas são fabricadas. Os modelos de bronze, por exemplo, emitem som mais equilibrado.

O aro é um dos principais componentes dos pandeiros

Quando se fala nos melhores pandeiros, é possível encontrar basicamente dois tipos de aro: os retos e os redondos.

Para muita gente a escolha do modelo é bem pessoal. Mas leve em consideração que o aro redondo é mais confortável e machuca muito menos as mãos do músico que o utiliza.

Peso

Além do tamanho, o peso do pandeiro é uma questão fundamental, visto que influencia no manuseio e velocidade dos movimentos.

Os modelos de couro, geralmente são mais leves e variam entre 300 e 500 gramas. Por outro lado, os de nylon são os mais pesados e chegam a até 1Kg.

Se você estiver começando, os modelos mais leves são mais adequados. Mas se você quer um som mais potente, escolha um com diâmetro maior, mesmo que seja mais pesado.

Independentemente do som, o mais importante é escolher observando o grau de conforto que você terá ao usar esse produto.

Quais são os melhores modelos de Pandeiros disponíveis no mercado?

Depois de conhecer as principais características que influenciam na escolha de um entre os melhores pandeiros do mercado, chegou a hora de você escolher um.

Mas se ainda estiver em dúvidas sobre a compra, veja a seguir uma lista de sugestões com os melhores pandeiros de 2024.

1. Remo TA-5210-70

Melhor Pandeiro com Qualidade Premium

Pandeiro Remo TA-5210-70 Fiberskyn, Quadura Black, 25,4 cm

  • Tipo de pele: Fibra (FIBERSKYN 3)
  • Tamanho: 10″
  • Número de platinelas: 32

Se você está em busca de um dos melhores pandeiros de todos os tempos, precisa conhecer esse item da nossa lista.

O Remo TA-5210-70 é um excelente produto, com design e qualidade ótimos, sobretudo para quem quer começar a explorar esse instrumento.

Para maior durabilidade e resistência, ele é fabricado em fibras especiais. Mas mesmo assim permanece leve, de fácil manuseio.

Com oito pares de platinelas em fileira dupla, esse é um produto excelente para qualquer estilo musical.

2. Pandeiro Contemporânea light 82LT

Melhor Pandeiro Leve, para Samba

PANDEIRO CONTEMPORANEA LIGHT 82LT 10 POL MADEIRA NYLON

  • Tipo de pele: Nylon
  • Tamanho: 10″
  • Número de platinelas: 10

Se você está em busca de um dos melhores pandeiros que seja leve e adequado para o samba e outros ritmos, esse é o produto ideal.

A Contemporânea é uma renomada marca de instrumentos, que reúne tradição e tecnologia de ponta.

O resultado é um instrumento leve, que pode ser facilmente manuseado facilmente. Mas ele não perde em nada dos modelos de ponta, que são bem mais robustos.

O projeto é desenvolvido observando-se até mesmo os menores detalhes. Desde o aro redondo até as platinelas, tudo é pensado para oferecer um som de altíssima qualidade.

3. Pandeiro 11″ Contemporânea Light 85LT

Um dos Pandeiros Favoritos de Músicos Famosos

PANDEIRO CONTEMPORÂNEA LIGHT 85LT 11"

  • Tipo de pele: Nylon
  • Tamanho: 11″
  • Número de platinelas: 12

Esse é mais um entre os modelos de pandeiros da Contemporânea e, inclusive é muito querido de alguns dos grandes nomes da música nacional.

Assim como já é tradição dessa marca, os produtos têm excelente qualidade, bem como o que há de melhor em termos de tecnologia para obter o melhor som.

Leveza e sonoridade diferenciadas são dois dos principais pontos desse instrumento, que é excelente para shows, reuniões familiares ou também para ensaios na escola de samba.

Para que isso seja possível, o produto possui sete afinadores, corpo de madeira, revestimento de fórmica e seis pares de platinelas.

4. Pandeiro Contemporânea 10″ Linha Black Carlos Café

Pandeiro Pequeno e Leve, Mas de Som Forte

PANDEIRO FORMICA BLACK

  • Tipo de pele: Nylon
  • Tamanho: 10″
  • Número de platinelas: 12

Você está procurando por um entre os melhores pandeiros disponíveis e não abre mão do design? Então precisa conhecer esse produto.

Ele é muito bonito, composto por todos os elementos na cor preta. E a qualidade também não deixa a desejar.

Não à toa esse produto conta com a assinatura do famoso percussionista Carlos Café, o que só afirma ainda mais a superioridade desse item.

O seu corpo é fabricado em fórmica, o que ajuda a dar mais peso, para uma melhor sustentação. Assim, é possível ajustar a sonoridade e, o volume será mais elevado.

Com duas camadas de pele, esse instrumento tem um som mais seco. Isso o torna ainda mais versátil e adequado para qualquer estilo musical.

5. Remo TA-4108-48

Melhor Pandeiro Custo-Benefício

Remo Pandeiro radiante TA-4108-48, 20 cm

  • Tipo de pele: Nylon Radiant HD
  • Tamanho: 8″
  • Número de platinelas: 16

Se você é o tipo de pessoa que prioriza o custo benefício dos produtos, é provável que esse pandeiro Remo seja para você.

Ele é fabricado com pele sintética, com belíssimo design. Isso graças aos seus gráficos coloridos HD, para você expressar toda a sua paixão pela música.

Pequeno, ele possui apenas 8 polegadas de diâmetro, sendo leve e fácil de manusear. Mas isso não o impede de ter um ótimo som.

E os 8 pares de platinelas contribuem para você poder tocar as sus músicas favoritas em grande estilo.

6. Pandeiro de Madeira Standard 8″ Torelli TP 356

Melhor Pandeiro Básico e Compacto

Pandeiro de madeira Standard 8″ – Pele Animal Torelli TP 356

  • Tipo de pele: Couro
  • Tamanho: 8″
  • Número de platinelas: 10

Esse modelo Torelli é mais um entre os melhores pandeiros do momento. Ele tem tecnologia de ponta e, é muito resistente.

Seu corpo de madeira é reforçado, o que leva o produto a uma durabilidade superior em relação à maioria dos produtos disponíveis no mercado atualmente.

Além disso, ele tem uma excelente sonoridade, seja de graves ou de agudos. Isso faz dele um ótimo produto para qualquer ritmo, sobretudo Choro, Sambas antigos e Samba-canção.

Tudo isso graças aos cinco pares de platinelas e os seis afinadores, juntamente com a pele de couro.

 

7. Pandeiro Timbra 11″ 8198

Pandeiro com Excelente Acabamento e Sonoridade

A sonoridade é um dos principais pontos em um pandeiro, não é mesmo? Mas um bom músico não abre mão de um acabamento de ponta.

E esse é um dos melhores pandeiros do mercado, justamente porque reúne essas duas questões. As peles são tratadas artesanalmente e, empachadas à mão depois de passarem por testes de durabilidade.

As platinelas são de liga metálica niquelada de zinco e cobre, que confere a elas uma sonoridade incrível.

Esse é um pandeiro que pesa menos do que um quilo, o que faz dele um excelente produto na hora de tocar.

O acabamento envernizado e as ferragens douradas também contribuem para a durabilidade e, compõem o design.

Esse produto vem também com capa própria, para você guardar o instrumento após o seu uso. Assim ele estará sempre seguro e protegido.

 

8. Pandeiro Injetado 10″ TP 300 Torelli

Melhor Pandeiro Bom e Barato

Pandeiro Injetado 10″ – Pele animal Torelli TP 300

  • Tipo de pele: Couro
  • Tamanho: 10″
  • Número de platinelas: 10

A Torelli fabrica instrumentos musicais desde 1987 e, colocou toda a sua experiência e qualidade na fabricação desse produto.

O TP300 é fabricado com pele animal, sendo perfeito para a sonoridade que ritmos como o Choro ou MPB pedem.

Isso porque o seu som mais grave e poderoso atrai a atenção do público em qualquer ocasião.

Para isso, ele é formado por um corpo injetado em PS, possui seis afinadores e cinco pares de platinelas.

Esse é um modelo com preço mais acessível, que se adequa tanto a profissionais exigentes, quanto a quem está começando a tocar.

Conclusão

Pandeiros são instrumentos de percussão muito versáteis, pois o som deles combina com vários ritmos de música.

Mas é preciso ter cuidado para escolher o produto ideal, com base nas preferencias do músico e, também no som que se deseja obter.

Sendo assim, agora que você já sabe quais são os melhores pandeiros do momento, está pronto para fazer uma excelente compra.

Deixe um comentário