Melhores Pedais de Guitarra

Os músicos de plantão buscam o tempo todo por equipamentos de mais qualidade e, os melhores pedais de guitarra são fundamentais para quem toca esse instrumento.

Por sorte, os guitarristas que buscam por acessórios e instrumentos melhores, têm uma quantidade abundante de pedais à disposição no mercado.

Isso permite um poder criativo maior, além de possibilitar a criação de músicas em muitos estilos diferentes.

Mas os pedais não são todos iguais. Diante disso, será que você sabe escolher um bom produto para os seus momentos de artista?

Se você precisa de uma ajudazinha, continue lendo este guia e conheça melhor os pedais de guitarra e descubra quais são os melhores modelos para você.

Melhores Pedais de Guitarra em 2024

Ge200 MooerGe200 MooerMelhor Pedal para Guitarra para ProfissionaisR$ 2.745,00 na Amazon
Ibanez Tube Screamer TS9Ibanez Tube Screamer TS9Pedal para Guitarra Mais Solicitado do MercadoR$ 990,19 na Amazon
Zoom MS-50G MultiStompZoom MS-50G Multi StompMelhor Custo-BenefícioR$ 1.251,37 na Amazon
Boss RV-6 ReverbBoss RV-6 ReverbMelhor Pedal para Guitarra Compacto e VersátilProduto Indisponível
Behringer SF300 Super FuzzBehringer SF300 Super FuzzPedal para Guitarra Bom e BaratoR$ 346,49 na Amazon
TC Electronic Hall of Fame 2TC Electronic Hall of Fame 2Melhor Pedal para Guitarra Indicado de Iniciantes a ProfissionaisR$ 2.015,00 na Amazon
ZOOM G5nZOOM G5nPedal para Guitarra Mais CompletoR$ 3.686,39 na Amazon
Fender The Pelt FuzzFender The Pelt FuzzPedal de Guitarra Fuzz com a Qualidade FenderProduto Indisponível
Dunlop Arbiter Fuzz FaceDunlop Arbiter Fuzz FacePedal para Guitarra Clássico e FamosoR$ 2.897,70 na Amazon

O que fazem os pedais de guitarra?

Se você quer saber melhor o que fazem os pedais de guitarra, saiba que sobretudo eles são equipamentos que modificam o som do instrumento.

Para isso, o equipamento adiciona efeitos, como distorções, delays, overdrive, entre outros. Sendo assim, ele serve como intermediário entre a guitarra e a caixa amplificadora.

Isso aumenta as possibilidades do músico com o instrumento, dando uma maior liberdade de criação.

Sendo assim, o artista pode depositar toda a sua imaginação e personalidade à música que está criando ou reproduzindo.

É bem provável que você já tenha assistido alguma apresentação em que o músico tem vários pedais disponíveis. Isso acontece justamente para proporcionar maior liberdade criativa.

Mas é claro que para ter um pedal que realmente supra as suas necessidades, você precisa saber como escolher o modelo ideal, observando as principais características.

Melhores Pedais de Guitarra

Fatores de comparação entre os melhores pedais de guitarra do momento

Existem muitos modelos de pedais de guitarra fabricado por diversas marcas. Então, você precisa escolher um que se ajuste ao seu perfil.

Para isso, veja a seguir quais são os principais fatores de comparação entre os modelos, que você não pode deixar de observar de forma alguma.

O efeito deve combinar com o estilo musical

Entre todas as características dos pedais de guitarra, o efeito é provavelmente o mais importante.

Afinal, isso vai definir a alteração que o som vai sofrer. Vale também dizer que existem muitos tipos, mas que sete deles são mais usados do que outros.

Sete deles são os principais. Veja quais são:

  • Reverb: é um dos mais importantes, pois dá profundidade ao som. Em alguns casos ele é obrigatório, então está presente na maioria dos amplificadores;
  • Distorção ou Overdrive: adiciona saturação. Enquanto a distorção é mais usada no metal ou rock, os overdrives são mais usados no blues, por exemplo;
  • Delay: é um efeito de eco, bastante versátil, pois fica bem em vários estilos. Mas para usar esse efeito é preciso ter bastante treino para saber a distância exata entre as repetições;
  • Octave: esses pedais de guitarra aumentam ou abaixam o tom em uma oitava. Com a opção de controle de mix, é possível controlar a intensidade do efeito;
  • Tremolo: esses pedais se fazem presentes sobretudo nos estilos blues e rock da década de 40 e 50. Ele reduz constantemente a intensidade do som, criando um efeito legal de mola;
  • Fuzz: usado para criar uma distorção excessiva, que dá uma ideia de som mais pesado e rasgado. Esse pedal é bastante usado no Punk, mas não é recomendado exagerar no uso, visto que ele modifica muito o som original;
  • Chorus: esse é mais um dos efeitos dos pedais de guitarra. Nesse caso, o som se multiplica e desafina. Isso proporciona um toque criativo bem legal para as suas músicas;

Pronto! Agora você já sabe quais são os principais efeitos do mundo da música. Então, quando for escolher um entre os melhores pedais de guitarra, faça isso pensando no som que deseja obter.

Apesar de a maioria dos produtos terem apenas um efeito, existem produtos mais versáteis, que possuem vários deles no mesmo pedal. Esses são chamados de multiefeitos.

Para se aprofundar ainda mais, conheça aqui mais os tipos de pedais de efeito.

Fonte de alimentação dos pedais

Os pedais de guitarra em geral possuem alimentação por fonte elétrica ou bateria. Mas se você busca por uma opção mais prática para o seu dia a dia, prefira os modelos a bateria.

Assim você não depende de ter uma tomada disponível para conseguir tocar o seu instrumento favorito com efeitos incríveis.

Esses modelos são legais também para shows e ensaios, pois assim você pode tocar em qualquer lugar, mesmo se não tiver energia elétrica.

Os pedais que funcionam com energia elétrica são melhores para quem não quer se preocupar com a troca ou recarregamento de bateria.

Nesse caso, desde que você tenha uma tomada sempre por perto, não precisará se preocupar com o funcionamento.

Tamanho do pedal

Uma questão que algumas pessoas deixam passar batido, é o tamanho do pedal da guitarra. Mas isso pode fazer toda a diferença na organização do seu espaço.

A maioria dos modelos tem entre 8 a 12 centímetros de altura e de 4 a 7 cm de largura. Mas se você quer organizar tudo nos mínimos detalhes, é melhor escolher um que se adapte perfeitamente ao seu ambiente.

Considere que você provavelmente vai querer ter mais do que apenas um pedal e, por isso, precisa de modelos que se adaptam entre si para não ter problemas com isso.

Inclusive, observe bem como você pretende fazer a organização. Pode ser por estilo musical, tamanho de pedal ou qualquer outra característica que você preferir.

Consumo de energia dos pedais de guitarra

Para funcionarem, os pedais de guitarra consomem uma certa quantidade de energia e, essa medida é dada em miliamperes.

É muito importante conhecer o consumo energético do equipamento, principalmente para escolher a fonte mais adequada para o seu caso.

Verifique a amperagem da fonte, para ter a certeza de que ela é compatível com o modelo de pedal que você pretende adquirir.

E para usar mais do que um pedal em simultâneo, você deve somar os amperes de cada um deles e adquirir uma fonte que suporte essa quantidade.

Quais são os melhores pedais de guitarra atualmente?

Agora que você já sabe o que são os pedais de guitarra, conhece os principais efeitos e sabe como comparar os itens, chegou a hora de conhecer os melhores pedais de guitarra do mercado atualmente.

Então, veja a seguir os melhores modelos e algumas das suas principais características. Opte por aquele que melhor atender às suas necessidades.

1. Ge200 Mooer

Melhor Pedal de Guitarra para Profissionais

Pedaleira Multi-efeitos Para Guitarra Ge200 Mooer + Nfe

  • 55 modelações de amplificadores
  • 26 tipos de simulação de gabinetes
  • 3 footswitches iluminados

Se você busca uma pedaleira multiefeitos que te acompanhe em todos os seus momentos musicais, este produto é uma excelente opção.

O Mooer GE200 conta com display de LCD que facilita a visualização das informações e, possui 55 opções de modelações de amplificadores.

Além disso, tem 26 simulações de gabinetes, 70 efeitos e 40 ritmos de bateria. Função tap tempo e mais 200 presets também estão presentes.

Não importa se você for tocar na sua casa, em um estúdio ou show ao vivo. Esta pedaleira é uma ótima alternativa em qualquer situação.

Para um excelente controle, a GE200 vem com pedal de expressão integrado, além de três footswitches iluminados.

Você pode inclusive fazer ajustes rapidamente sem problemas, o que é ótimo para apresentações ao vivo.

Os efeitos e recursos são ótimos para quem precisa treinar em casa e quer desenvolver ainda mais as suas habilidades musicais.

Você pode também usar a conexão USB com um computador para fazer gravações.

2. Ibanez Tube Screamer TS9

Pedal para Guitarra Mais Solicitado do Mercado

Ibanez Tube Screamer TS9

  • Controles: Overdrive Low Gain, Tone e Level
  • Alimentação: Bateria 9 Volts ou adaptador AC externo
  • Impedância: entrada = 500K Ohms e saída = 10K Ohms

Este é um dos pedais de guitarra mais populares, pois a linha 9 Ibanez já existe há mais de 25 anos e, os produtos continuam surpreendendo pela resistência e alta qualidade.

Os componentes são praticamente os mesmos que a fabricante usou para criar o lendário TS9 original.

Por isso, você tem a oportunidade de ter o mesmo item que famosos do blues e rock utilizam há anos.

Por ser altamente versátil e ter som suave, este pedal realmente vale a pena. O timbre tem subida suave de média frequência e, isso confere a borda e firmeza característicos deste produto.

O modelo também foi um dos primeiros a apresentar três botões, sendo de tom, direção e nível.

Mas não é só isso. Este pedal de guitarra é versátil e ainda te permite ajustar o drive e acionar o pedal na frente de um amplificador de guitarra limpo.

3. Zoom MS-50G MultiStomp

Melhor Custo-Benefício

Zoom Pedal de efeitos de guitarra MS-70CDR MultiStomp, efeitos de coro, atraso e reverb, tamanho único Stompbox, 86 efeitos embutidos, afinador

  • 55 tipos de efeitos (47 efeitos de stomp, 8 modelos de amp)
  • 30 patches pré-definidos prontos para uso
  • Conectividade: 3 x 1/4”(entrada, saída L / Mono, saída R)

Se você é daquelas pessoas que ao comprar um produto prioriza o custo-benefício, este é provavelmente o melhor pedal de guitarra

Entre os seus recursos, você encontra um visor de LCD, além de pedal e teclas do cursor estilo analógico.

Além disso, permite que você solte toda a sua criatividade com os 55 efeitos, sendo 47 de stomp e 8 de amp. E o melhor é que é possível combinar eles da maneira como você quiser.

Você pode usar até seis efeitos em simultâneo e criar e armazenar até 50 patches novos, além dos 30 já existentes.

Para te dar mais liberdade e independência de uma fonte elétrica, esta pedaleira funciona com duas pilhas AA.

Mas se você quiser, pode adquirir um adaptador CA, que é vendido separadamente.

4. Boss RV-6 Reverb

Melhor Pedal para Guitarra Compacto e Versátil

Rv-6

  • Modos: Shimmer, Dynamic e Delay + Reverb
  • Operação Mono Ou Estéreo
  • Consumo: 65 mA

Qualidade e versatilidade estão entre os maiores benefícios deste produto, que está ainda melhor do que as gerações anteriores.

Este é um dos melhores pedais de guitarra que você encontra atualmente e, ele deixa mais simples a utilização de timbres profissionais.

Você vai sentir a qualidade deste produto e seus componentes no estilo de som, que tem captação impressionante.

E você vai poder liberar o seu lado artístico com este pedal que funciona nos modos Shimmer, Dynamic e Delay + Reverb.

5. Behringer SF300 Super Fuzz

Pedal para Guitarra Bom e Barato

Behringer SF300 Pedal para Guitarra Super Fuzz

  • Amperagem: 30 mA
  • Equalizador de 2 bandas
  • 3 efeitos: Fuzz 1, Fuzz 2 e Boost

Se você quer deixar os seus sons mais originais ou imitar os grandes nomes do rock clássico, saiba que não precisa investir muito dinheiro.

E este pedal Behringer está no mercado para te provar justamente isso. Com preço acessível, ele te entrega três modos de funcionamento que você pode alternar da forma como precisar.

Assim você personaliza o som de acordo com a sua personalidade e necessidades. E o timbre também pode ser personalizado com os controles level, treble, gain e bass.

O equalizador de duas bandas também oferece controles para você obter um som poderoso. Isso demonstra toda a qualidade do produto alemão.

6. TC Electronic Hall of Fame 2

Melhor Pedal para Guitarra Indicado para Iniciantes e Profissionais

TC Electronic Hall of Fame 2 Pedal para guitarra/baixo

  • Tipos de reverb: Room, Hall, Spring, Plate, Church, Shim, Mod, Lofi
  • 3 slots para TonePrint
  • Controles: Decay, Tone e Level

Seja você profissional ou iniciante, o Hall of Fame é consegue atender às suas necessidades.

Ele é um reverb estéreo, o que significa que ele é amplo, além de possuir várias opções de reverb.

Mesmo que você não esteja tão acostumado a usar o reverb, esta pedaleira é excelente. Assim você pode explorar gradualmente as possibilidades e aprender muito com isso.

E esta unidade compacta é ótima também para os profissionais mais experientes.

7. ZOOM G5n

Pedal de Guitarra Mais Completo

ZOOM G5n

  • 68 efeitos onboard digitais
  • 100 patches exclusivos de fábrica
  • Software gratuito Zoom Guitar Lab para Mac/Windows

O Zoom G5n é um dos melhores pedais de guitarra, sobretudo porque possui uma ampla gama de efeitos para você usar em várias situações.

A função aprimorada de looper te permite utilizar dois pedais dedicados, de modo a iniciar ou interromper uma fase.

O produto possui emuladores de efeitos de 48 amp, além de 24 patches personalizados de bandas icônicas, como Santana, Led Zeppelin e Foo Fighters.

Com esta pedaleira você consegue fazer combinações impressionantes para obter sons personalizados e maravilhosos.

8. Fender The Pelt Fuzz

Pedal de Guitarra Fuzz com a Qualidade Fender

The Pelt Fuzz

  • Controles: Level, Fuzz, Tone e Bloom
  • Amperagem: 30 mA
  • Botões Iluminados por Led

A Fender dispensa apresentações. E, o pedal The Pelt tem características compatíveis com a marca.

As características excelentes começam pelo design, muito bonito e único. Mas é claro que a qualidade do som não decepciona.

O modelo tem efeito fuzz, que você pode personalizar da maneira que desejar, modificando características como timbre e contorno do som.

Ele conta também com os controles de level e tone, além do controlador bloom, que te permite personalizar a base dos sons.

Controles mid e thick, para largura e meio do efeito, também estão presentes neste produto. Por isso, este é um item que merece a atenção de consumidores que buscam qualidade e eficiência.

9. Dunlop Arbiter Fuzz Face

Pedal para Guitarra Clássico e Famoso

Pedal Dunlop FFM2 Fuzz Face Distortion Mini Germanium

  • Impedância: Entrada = 10k e Saída = <2k
  • Consumo: 3,4 mA
  • Alimentação: Bateria 9V

Para quem entende de pedais de guitarra, o Arbiter Fuzz Face é um velho conhecido, visto que ele surgiu pela primeira vez em Londres em 1966.

Ou seja, ele nasceu em um momento de extrema importância para a história da guitarra e, inclusive, fez parte da carreira de Jimi Hendrix.

Eric Johnson e David Gilmour são alguns dos famosos que também aprovaram o modelo de design interessante.

O Fuzz Face tem um formato diferente, arredondado. Seu criador, Ivor Arbiter, afirma que ele parece com o pedestal de um microfone.

E os controles dispostos formando um sorriso, contribuem para o nome face. Mas este produto vai bem além do design diferenciado.

A qualidade é inegável. Isso sem falar na presença de bateria, que te dá uma maior liberdade e independência em relação a fontes de energia elétrica.

Conclusão

Se você é guitarrista profissional ou está começando a explorar melhor esse instrumento, os pedais de guitarra são itens fundamentais.

Com eles você tem liberdade para criar músicas muito mais elaboradas e personalizadas, liberando a sua criatividade.

Então, após ler este artigo, você está pronto para escolher o seu favorito entre os pedais de guitarra da nossa lista de sugestões e sair por aí fazendo o seu som!

Deixe um comentário